segunda-feira, 6 de maio de 2013

A Usurpadora

O mês de abril foi atípico para mim, pois realmente aconteceram muitas bênçãos em minha vida. Foram elas: 

· Criei este blog e estou podendo compartilhar minha vida com novos amigos. 
· O boy que estava sem contato, me procurou, se desculpou e estou voltando a conversar com ele ( não rolou nada pois moramos em cidades distantes). 
· Fiz a declaração do meu imposto de renda e recebi a notícia que tenho dinheiro retido e receberei esta restituição :) 
· Recebi uma ótima oportunidade de crescimento profissional.
· Recebi uma ótima quantia em dinheiro a qual não esperava .
· Dei entrada na solicitação da Participação dos Lucros da empresa e no final de maio receberei outra quantia extra. 
· Dei um corte mais moderno no cabelo e melhorei minha autoestima.
· Encontrei no face o boy que tirou minha virgindade, não desejo mal a ninguém, mas foi bom para o ego ver que ele está feio, gordo e pobre e eu linda, magra e quase rica. 

Eu satisfeita ? Não! Quero mais, mais e muito mais ! Quero tanto que uma amiga me chamou de A Usurpadora! Como assim, usurpadora eu ? Não me sinto uma Paola Bracho! Usurpador é aquele que engana ou se apodera daquilo que não lhe pertence, através da violência e/ou de maneiras ilícitas. 

Como não estou fazendo nada de errado, porque não posso desejar mais ? Acho que o céu nasceu para todos, existe dinheiro e homem suficiente para todos. 

Nunca tive uma vida sem preocupação financeira e nunca tive sorte no amor. Sempre comprei a prestação e só me envolvia com pobres de espírito, aquele tipo de homem que deveria rezar todos os dias por ter me conhecido, mas nunca me deu o valor devido e eu ainda não podia achar ruim. Na verdade eu não podia ter opinião formada em relação a ele ou a nosso “relacionamento”. 

Confesso que tive uma vidinha de merda durante anos, ainda não tenho a vida dos meus sonhos, mas as coisas estão melhorando! Hoje eu tenho consciência que se eu tivesse tido amor próprio e acreditado em meu potencial eu teria evitado muita coisa. Se não estava satisfeita no trabalho, poxa: era pra ter pedido demissão e procurado outro logo, não esperado a empresa resolver me mandar embora. 

Deixei um cretino favelado me maltratar, porque para mim o que importava era A PORRA DO AMOR! Mas, meu Deus, quem colocou essa venda nos meus olhos ?? Que merda de amor é esse? Amor que destrói e te faz infeliz? 

Não tenho o direito de ser feliz ? Se eu conseguir uma vida plenamente livre de preocupação financeira e sendo amada por um homem maravilhoso estarei usurpando algo de alguém ? 

Quero sim: mas dinheiro em minha vida! Pô, pelo menos todas as vezes que saí com o boy pobrinho ele sempre pagou o motel e a lanchonete (não disse restaurante), mesmo que tenha juntado o mês inteiro, pelo menos tem consciência do papel de um homem. Pior foi outro cretino que tive onde eu tinha que me contentar em dividir um cachorro quente com ele (sem suco que era para não "encarecer" o programa). Sei lá, acho que foi algum despacho que fizeram pra mim.


16 comentários:

  1. Há pouco tempo decidi que não quero um namoro pobre de conteúdo. Creio que isso torna os homens mais velhos mais interessantes.parabens pelo post

    ResponderExcluir
  2. Bem, sincera você é... rs. E quem pode te julgar? Ninguém, só a gente sabe onde nosso calo aperta. Coninue na sua busca pelo homem financeiramente bem estabelecido.

    E que bom que tantas coisas boas andaram acontecendo.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Filipa,
    Não consigo fazer essa distinção não, gosto da pessoa, independente da idade que ela tenha.

    ResponderExcluir
  4. Bem meninas, na verdade para mim também não importa a idade do companheiro, o que vale é o caráter, a cultura e a vida financeira. Infelizmente é assim que eu penso, não adianta ter 40 anos, ser muito bonzinho, amável e carinhoso e não ter condições nem de me fazer uma ligação e só ligar a cobrar. Porque? Por que um homem assim é um pobre de espirito, pois se chegou a essa idade e está tão na pindaíba é porque nunca lutou e nunca teve ambição alguma, afinal ser pobre é uma escolha. Se a pessoa estuda, se esforça e tem uma mente milionária com certeza consegue sair da situação difícil.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Zazzle já vi pessoas que estudam, correm a trás, se esforçam e não enriquecem, que não ganham, sei lá, 5 mil por mês! Mas uma coisa é certa se a pessoa quiser na favela que não fica!!

      Beijos,

      Fellipe

      Excluir
  5. Ola, gostei muito deste blog, também penso como você.
    Ultimamente não tenho tido muita sorte no amor. Talvez eu esteja muito exigente. Mas eu sou exigente comigo mesma, me cobro muito, quero sempre evoluir, estudar, ter empregos melhores... Então quero um companheiro que tenha as mesmas aspirações que eu.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ola, gostei muito deste blog, também penso como você.
    Ultimamente não tenho tido muita sorte no amor. Talvez eu esteja muito exigente. Mas eu sou exigente comigo mesma, me cobro muito, quero sempre evoluir, estudar, ter empregos melhores... Então quero um companheiro que tenha as mesmas aspirações que eu.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Blair,

      Minha relação com o dinheiro era sempre meio confusa. Eu meio que não ligava e achava que ia ficar tudo bem ao final pois em minha cabeça o que importava era o amor.

      Achei bem sagaz quando você citou o exemplo do companheiro com as mesmas aspirações. É um exemplo bem pertinente! O dinheiro é a praga do mundo moderno, pois tudo gira através dele. O Capitalismo só serve para privilegiar aquelas pessoas que possuem mais dinheiro e derrubar os menos favorecidos, Triste.

      Excluir
  7. Oi, sou eu novamente, desculpe a curiosidade, talvez até intromissão, mas você é a Gabi Siemens, do blog que falava sobre lei da atração? Eu participava bastante do blog, eu tinha um fake "Alessandra". Estou encontrando algumas semelhanças deste blog com o outro blog. A escrita está diferente, mas vejo algumas semelhanças, até alguns leitores do blog antigo, já reconheci aqui.
    De qualquer forma, ja coloquei seu blog nos meus favoritos! Vou te seguir!
    Ei, não precisa publicar este comentário. Boa sorte para este blog que está iniciando!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Blair, que prazer recebê-la novamente por aqui :) !!!

      Fico muito satisfeita em saber que você apreciou meus textos, sua opinião é super importante para mim :) Não sou quem perguntou! Este blog foi criado por insistência de algumas amigas, sei que tenho muitos choques de interesse com as pessoas que me cercam, mas caso queira me conhecer um pouquinho mais, basta me adicionar no Facebook e acompanhar minhas desventuras na corrida pelo dinheiro

      http://www.facebook.com/zazzle.korpan

      Excluir
  8. Sou uma Bela Adormecida também e me imagino ser acordada pelo homem da minha vida. Aceito pobres! rs

    ResponderExcluir
  9. É cultural pensar mal de quem gosta de dinheiro, a tal "síndrome de vira-latas".
    Amar é bom, com dinheiro no bolso, melhor ainda. Existe um ditado antigo que diz: "Quando o dinheiro sai pela porta... o amor sai pela janela".
    Vou mais além, com 20 anos a mulher larga tudo por um homem. Com 30 anos a mulher pensa duas vezes antes de cometer essa loucura. Com 40 anos, a mulher não pensa duas vezes em largar tudo por um bom emprego.
    Lógico, se não tiver criança envolvida, porque ao contrário do que parece, os homens usam mais os filhos para segurar a mulher, do que o contrário.
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luma Rosa;

      A verdade é bem essa mesmo, gostar de dinheiro não é pecado e muito menos prejudicial a saúde. O dinheiro nos dá conforto, qualidade de vida e traz deslumbramento, mexendo com o ego, talvez por esse motivo muitas pessoas vê o dinheiro como um mal necessário que eles têm de suportar. Mas as pessoas verdadeiramente ricas mantêm uma boa relação com o dinheiro, vendo-o como uma ferramenta que representa opções e oportunidades. Dinheiro é negócio! Normalmente as pessoas definem em suas vidas expectativas baixas para evitar decepções, já quem é rico cria expectativas enormes e seguem seus sonhos. Não vejo nenhum problema em usar o dinheiro de outras pessoas. Amo o dinheiro, sinto paz de espírito na riqueza e não tenho medo de admitir que o dinheiro pode resolver a maioria dos problemas na vida de qualquer um.

      Beijocas :) Zaz

      Excluir
  10. Olá. Bons ventos a seu favor. Dinheiro sempre traz maia glamour. Que atire a primeira pedra quem disser o contrário.. ou melhor, passarei o número da conta para depositarem o que não te faz bem. Kkkkk...

    Opiniões a parte, não gosto de ser bancada por ninguém. Mas, cada um tem o direito de procurar o que realmente deseja.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. "Fiz a declaração do meu imposto de renda e recebi a notícia que tenho dinheiro retido e receberei esta restituição".

    A mordida do Leão foi tão cruel por aqui que até agora estou chorando rsrs

    Mas é isso, Zazzle, se você tem seus objetivos e suas metas, é manter o foco e "correr atrás", como se diz.

    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde. Você realmente é uma pessoa polêmica, iguais a você, existem diversas, só que você tem a coragem de falar honestamente o que quer para si.
    Cada um tem uma opinião sobre a vida, riqueza e pobreza.
    A riqueza não é para todos não, e na minha opinião, não se trata de ser "pobre de espírito', creio que tudo tem uma razão de ser.
    Quantas e quantas pessoas estudam, se formam e não enriquecem?
    Portanto, nem sempre o que queremos acontece, e outras, sim.
    Seja como for, para mim conta muito a felicidade, o amor e o respeito.
    Se o seu ideal de vida é esse, que seja, mas tenha sempre o amor como meta maior, certamente serás mais feliz!
    Tudo de bom e fique na paz!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir