domingo, 14 de julho de 2013

Como se Infiltrar na High Society

Não sei, mas esses dias tenho a nítida sensação que as coisas estão começando a mudar em minha vida. Um dos motivos de me fazer acreditar nisso é que tenho sido bastante elogiada no ramo profissional. Também percebo que tenho atraído muitos olhares masculinos, o que tem me deixado bastante metida. E quando fico metida é porque estou feliz. Mas até para ser feliz deve-se existir cautela.
Cautela porque? Infelizmente descobri que nesse mundo nós mulheres não podemos nos achar bonitas, não podemos dizer que somos inteligentes, ou escrevermos um blog e falarmos que não temos interesse em homem sem uma boa condição financeira, porque todo mundo vai nos chamar de esnobe. Mas, quem liga?
Uma das maiores qualidades dos vencedores é a capacidade de colecionar inimigos. Se um jogador de futebol faz um gol de placa e comemora demais, isso é feio, é desrespeito ao torcedor do time adversário. Essa é a realidade! Então não ligue e “se ache” , sem se importar com opinião alheia.
Como contei nos comentários do post anterior, eu ainda não tinha feito sexo ou beijado alguém este ano de 2013. Consegui beijar, mas o quesito sexo ainda está pendente. Não quero ir para cama com qualquer um, quem faz sexo por fazer são os animais irracionais. E eu sou racional!
Estou investindo o que posso e o que não posso para me infiltrar na high society e tenho certeza que me darei bem.
Comecei pelo trabalho, mudei de ramo de atuação e agora convivo profissionalmente com várias pessoas ricas ou consideradas classe média alta. Assim consigo observá-los, vendo seus modos de se vestir, portar, conheço seus gostos, bancos, cartões de crédito etc. Claro que isso não é muita coisa, mas é uma forma de observação e quem sabe não me esbarro no trabalho com “ELE”, meu BOM PARTIDO?
Foi desta forma que conheci um cantor de forró que se encantou por mim e me deu seus contatos ( celular e face ). Ele não é muito conhecido ( mas já foi ). Juro que não associei o nome artístico a pessoa. Depois que ele me falou que era cantor e como se chamava pensei: “já ouvi falar, mas não lembro”. Depois ele cantou uma de suas canções: um clássico, não tem ninguém que não conheça, essa música fez muito sucesso a uns 20 anos atrás e é cantada até os dias atuais. Bom: no mínimo ele deve receber direitos autorais até hoje.
Fucei o face do cantor todo, descobri que além de cantar, atualmente ele também é empresário, dono de um restaurante. Não o considerei milionário, mas acredito que tenha uma vida confortável e talvez possa ser um bom partido.
Pedido de amizade aceito, o bloqueei no bate papo por 3 dias, para causar “ansiedade”. Desbloqueei e já o vi online, não falei: para não passar a impressão de ter ficado a fim...mulher deve passar a imagem de indiferente. Ele também não falou! Dá próxima vou dá um oi e ver no que é que dá. Só precisarei ser cautelosa, conduzir com inteligência a conversa e não responde-lo assim que ele tc algo, mesmo que esteja conversando só com ele, nunca contar.
E é assim que devemos agir para nos infiltrar na High Society: com cautela, sem demostra deslumbramento e agindo como se tudo fosse comum e fizesse parte do nosso cotidiano.           

3 comentários:

  1. Não o post, não foi para você... rsrs... mas se vc se identificou vale a pena pensar a respeito... rs.

    Bem como você já leu lá no meu texto, eu não faço muitos movimentos para conseguir um relacionamento, mesmo que eu sinta falta em alguns momentos. Acho mesmo que essas coisas acontecem ou não. Se a gente se desesperar os homens sentem esse desespero e se afastam. E isso vale para os dois lados. Mulher também fica bolada com homem que gruda... rs.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Acho que você vai gostar dessa pesquisa:

    http://slonik.com.br/6-habitos-dos-ricos/

    hábitos dos ricos

    ResponderExcluir
  3. Você vai gostar desse site:

    http://slonik.com.br/6-habitos-dos-ricos/

    hábitos dos ricos.

    ResponderExcluir