quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Vou Mudar minha Vida Financeira


Olá  tudo bem? Mas claro que não deixaria de dá uma passadinha aqui neste espaço para dizer um oi aos meus leitores; se é que ainda tenho algum, afinal: leitor de blog gosta de acompanhar as novidades, ninguém acompanha blog “parado”. Esfriei um pouquinho, perdi o “tesão” de escrever, mas hoje aqui, nesse primeiro dia do ano me deu uma vontade louca de mudar de vida e deixar tudo registrado, quem sabe para as próximas gerações.

2015 será um grande ano em minha vida! Muita coisa mudou, mas não existe nada tão bom que não possa ser melhorado: pior quando não está assim, tão bom.

Eu trabalho e estou ganhando um salário maior que o do ano passado, mas ainda não passei da casa dos R$ 3.000,00 e isso não é bom, pode até ser um ótimo salário para alguns, mas eu quero ganhar mais.

Trabalho menos que em 2013, mas ainda não tenho qualidade de vida! 31 de dezembro não tive forças físicas para passar o Reveillon na casa de Mô. E isso não é nada, nada agradável. Tenho um celular coorporativo que é um verdadeiro “inferno”; o danado toca muito, principalmente nas minhas folgas e durante a madrugada.

Vocês sabem que nas redes sociais há uma busca desenfreada pelo destaque social; não estou à procura disso, muito menos quero ostentar a todo custo a imagem de alguém que não sou. Quero mostrar a minha realidade, quero passar para as pessoas uma vida perfeita, porque quero ter uma vida perfeita.

É difícil ter uma boa vida e ser verdadeiramente feliz quando você tem de se preocupar com uma coisa tão básica quanto conseguir pagar a conta de R$ 200,00 do supermercado da semana.

Encontrar um emprego escravo e ainda dá graças a Deus por isso, ou viver angustiada com medo de ser demitida não é coisa de Deus. Eu não mereço e não aceito mais isso!

Tenho formação superior e para 2015 tomei duas importantes decisões: Vou prestar diversos concursos públicos e estudar todas as formas de desdobramentos e probabilidades da Lotofácil, em uma das duas serei vitoriosa.

Problemas financeiros constituem um dos motivos mais comuns por trás das brigas conjugais, sendo assim acho até compreensível quando alguém deseja eliminar seus problemas financeiros se casando por dinheiro. Porém, não fiz isso. Optei pelo método mais difícil, mas em compensação o mais prazeroso que é o casamento por amor e a união de forças na luta por um futuro melhor. Dependo de Mô física e emocionalmente. Mô me incentiva, me dá esperança, me faz enxergar o quanto sou especial e me mostra o tamanho do meu potencial.

Então será essa a promessa do blog para 2015: não o de encontrar um bom partido, mas se tornar um partidão: linda, chique, rica, inteligente e principalmente muito amada, resumindo: PODEROSA! 

Teste motivacional: olhem a imagem abaixo. Não dá uma sensação que ela está simplesmente achando-se poderosa? Tentem resgatar essa essência. Sentir-se segura de verdade é meio caminho andado para o mundo ver você como uma mulher poderosa


4 comentários:

  1. Oi Zazzle, muito boa a iniciativa de sermos um bom partido para depois encontrarmos o nosso, vai de encontro com o que penso. Muita força neste ano e não se contente mesmo!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá Julia;

    Isso é equilíbrio; foco nos sonhos. “Se o alvo for dívida, vamos trabalhar para pagá-la. Se for prosperidade, vamos trabalhar pelo sucesso. Se for um bom partido, vamos trabalhar para encontra-lo.”

    Abraço e valeu pela participação!

    ResponderExcluir
  3. gostei do seu blog..tomara que passe em algum concurso e incentive seu bofe a passar em um também,depois procure ler sobre educação financeira(Muito mesmo) e comece a investir em algo que dê retorno..um aluguel,uma loja,um negócio próprio e claro muita terapia de casal e livros sobre como cultivar o relacionamento,continue escrevendo pra nós gata !

    ResponderExcluir
  4. Olá Nielsen;

    Não posso reclamar desse ano. Coisas lindas e importantes aconteceram nele, como por exemplo meu casamento em agosto e a mudança de emprego em outubro. Aconteceram coisas difíceis também. Mas, faz parte...Agora quero continuar melhorando, mudando e crescendo. Quem quiser me acompanhar, siga-me.
    Continue acompanhando e comentando.

    Obrigada !

    ResponderExcluir